A forma como as empresas se relacionam com os consumidores e clientes evoluiu imenso, e esta relação é agora parte integrante da gestão de qualquer negócio. O objetivo é reter clientes, angariar novos, aumentar a reputação e a taxa de sucesso.

Como? A resposta passa por criar um funil de vendas. O conceito não é, certamente, novo, mas será que sabe quais as etapas e estratégias a seguir? Veja como aumentar a taxa de sucesso do seu negócio através de um funil de vendas adaptado à era digital.

Como formular um funil de vendas?

Captar a atenção

O primeiro passo na criação de um funil de vendas é captar atenção. Antes de tudo, o seu negócio tem de ter visibilidade, e para isto tem de conhecer a sua audiência. Quem é o seu público alvo? Como pode chegar até ele? Está presente nos canais que deveria?

Dica: Vá para as redes sociais, crie um blog, partilhe conteúdo original, aposte em SEO para gerar tráfego para o seu website, crie eventos… o que for mais adequado ao seu negócio, sempre com a finalidade de dar a conhecer a sua empresa e os seus serviços ou produtos.

Despertar o interesse

Agora que já tem a atenção, vai ter que despertar nos visitantes um interesse pelo seu produto ou serviço. Tendo em mente que nem todas as leads se vão tornar clientes, este segundo passo na criação de um funil de vendas é decisivo para fazer uma “triagem”. Aqui, tem que se destacar: O que é que o seu produto tem? O que o torna apelativo? Mas também: De que forma pode chegar à interação com o consumidor?

Dica: Promova a interação e a troca: crie newsletters, disponibilize ebooks, faça ofertas especiais – esta é uma boa forma de fazer os visitantes lembrarem-se da sua empresa.

Criar o desejo de compra

Depois de despertar o interesse, o terceiro passo para pôr em prática um funil de vendas é criar o desejo de compra. Num mercado competitivo e dinâmico, é vital criar um sentimento de urgência. Nesta fase, já houve um contacto com o potencial cliente, e já tem o interesse dele.

É muito importante colocar o seu produto no centro, e fazer o seu potencial cliente não só querer, mas precisar, daquilo que tem para lhe oferecer.

Dicas e-mail marketing e o remarketing , sugira produtos relacionados com os que ele procurou ou até ofereça campanhas ou promoções exclusivas e limitadas.

Efetivar a compra

A última etapa de um funil de vendas (bem-sucedido) é a efetivação da compra. Nesta fase a decisão é do consumidor que, ajudado por estratégias de marketing eficazes, passa de potencial a cliente.

Dica: A partir do momento em que um cliente quer comprar os seus produtos, só tem que dar-lhea melhor expperiencia possível no processo de compra , não só agilizará todo o processo, como proporcionará uma experiência que o cliente vai querer repetir.

Toda a jornada do consumidor, desde que começa como lead até que se torna cliente, deve ser seguida de perto. Isto permitir-lhe identificar falhas ,adaptar estratégia da sua empresa , levando a um funil de vendas mais eficiente. No entanto, o processo não termina aqui.

E depois da compra?

Depois de ter encaminhado visitantes para o seu negócio, e ter conseguido clientes, o seu trabalho é conservar esses clientes, torná-los repetentes, e angariar novos, seja gerando novas leads que vão entrar no seu funil de vendas, ou através dos clientes existentes 

Além disso, para tornar o seu funil de vendas mais eficaz e eficiente, pode usar um software de CRM – software de Gestão de Relações com Clientes . Para homogeneizar a sua estratégia, o seu software de CRM e o software de gestão devem estar integrados.