Cerca de 80,43% dos países europeus já têm como obrigatória a facturação electrónica, e os restantes 19,57% utilizam este método de fórmula voluntária, sendo este estudo (A Factura Electrónica na Europa) elaborado pela SERES.

Neste estudo pode ler-se que “a utilização da faturação eletrónica também aumentou na contratação entre empresas, sendo Itália e Espanha as principais referências na introdução da fatura eletrónica no âmbito B2B [‘business to business’]” menciona o relatório da especialista em serviços de intercâmbio eletrónico seguro de documentos.

No mesmo documento é mencionado também que “A Comissão Europeia, durante vários anos, tem atuado como um agente dinamizador das faturas eletrónicas, o que fez da União Europeia (UE) uma referência na implementação e utilização da fatura eletrónica”, refere a entidade, em comunicado, acrescentando que “a fatura eletrónica está posicionada no centro da Agenda Digital Europeia como força motriz e facilitadora das relações internas no mercado comum e da competitividade das empresas”.

Última Hora: Facturação electrónica - Antral